Publicado em

Concurso da Polícia Federal é autorizado oficialmente com 1.500 vagas

Concurso da Polícia Federal é autorizado oficialmente com 1.500 vagas

O diretor-geral da Polícia Federal, Rolando Alexandre de Souza, assinou hoje, quarta-feira, 09 de dezembro, o documento oficial de autorização do concurso público da PF 2021. O documento já consta no Sistema Eletrônico de Informações (SEI) e agora segue para divulgação no Diário Oficial da União (DOU), o que deve ocorrer já nesta quinta-feira, 10 de dezembro.

De acordo com o texto, p prazo para a publicação do edital de abertura de inscrições para o concurso público será de até seis meses, contado a partir da publicação desta portaria.

Segundo o documento de autorização, serão oferecidas 1.500 vagas, sendo:

  • 123 (cento e vinte e três) cargos de delegado de polícia federal;
  • 400 (quatrocentos) cargos de escrivão de polícia federal;
  • 84 (oitenta e quatro) cargos de papiloscopista policial federal; e
  • 893 (oitocentos e noventa e três) cargos de agente de polícia federal.

    Concurso da Polícia Federal 
    O diretor-geral da corporação, Rolando Alexandre de Souza, confirmou que o edital do novo concurso da Polícia Federal será divulgado ainda em 2020. A declaração foi dada pelo chefe da corporação em live realizada junto à Associação dos Delegados de Polícia Federal (ADPF).

    “Se der tudo certo, ainda este ano divulgaremos o edital do novo concurso, e se tudo der certo, com o curso de formação iniciado no final do ano que vem, já que nosso concurso é longo, um ano em razão das etapas, mas entraríamos em 2022 com o maior efetivo da história da Polícia Federal”.

  • No dia 31 de agosto, por exemplo, o presidente Jair Bolsonaro comentou sobre o concurso da PF nas redes sociais, confirmando o novo edital para mais de 2 mil vagas. No entanto, o documento autorizativo só foi publicado para 1.500 vagas.

    Além disso, o diretor-geral da Polícia Federal comentou com representantes da ADPF sobre a intenção de realizar novos concursos públicos periódicos, a cada dois anos, tendo em vista que a duração é extensa em função das etapas de seleção. Para isso acontecer, ele comenta sobre a criação de um projeto de lei para que essa periodicidade seja ainda mais reforçada.

    “Tivemos conversas com o Ministério da Justiça e Segurança Pública para tentar realizar concursos a cada dois anos. Teríamos concursos menores, mas permitindo uma oxigenação continua no efetivo da PF.”

    Sobre os cargos da Polícia Federal

    DELEGADO DE POLÍCIA FEDERAL

    REQUISITOS: diploma, devidamente registrado, de bacharel em Direito, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC), e comprovação de 3 (três) anos de atividade jurídica ou policial.

    ATRIBUIÇÕES: instaurar e presidir procedimentos policiais de investigação; orientar e comandar a execução de investigações relacionadas com a prevenção e repressão de ilícitos penais; participar do planejamento de operações de segurança e investigações; supervisionar e executar missões de caráter sigiloso; participar da execução das medidas de segurança orgânica, bem como desempenhar outras atividades, semelhantes ou destinadas a apoiar o órgão na consecução dos seus fins.

    SALÁRIO: R$ 22.672,48.

    JORNADA DE TRABALHO: 40 horas semanais em regime de tempo integral e com dedicação exclusiva.

    AGENTE DE POLÍCIA FEDERAL

    REQUISITOS: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso superior em nível de graduação, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC.

    ATRIBUIÇÕES: investigar atos ou fatos que caracterizem ou possam caracterizar infrações penais, observada a competência da Polícia Federal; proceder à busca de dados necessários; executar todas as tarefas necessárias à identificação, ao arquivamento, à recuperação, à produção e ao preparo dos documentos de informações; executar todas as atividades necessárias à prevenção e repressão de ilícitos penais da competência da Polícia Federal; conduzir veículos automotores, embarcações e aeronaves; auxiliar a autoridade policial em todos os atos de investigação, cumprir medidas de segurança orgânica; desempenhar outras atividades de natureza policial e administrativa, bem como executar outras tarefas que lhe forem atribuídas.

    SALÁRIO: R$ 11.983,26.

    JORNADA DE TRABALHO: 40 horas semanais em regime de tempo integral e com dedicação exclusiva

    ESCRIVÃO DE POLÍCIA FEDERAL

    REQUISITO: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso superior em nível de graduação, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC.

    ATRIBUIÇÕES: dar cumprimento às formalidades processuais, lavrar termos, autos e mandados, observando os prazos necessários ao preparo, à ultimação e à remessa de procedimentos policiais de investigação; atuar nos procedimentos policiais de investigação, acompanhar a autoridade policial, sempre que determinado, em diligências policiais; responsabilizar-se pelo valor das fianças recebidas e pelos objetos de apreensão; conduzir veículos automotores; cumprir medidas de segurança orgânica; atuar nos procedimentos policiais de investigação; desempenhar outras atividades de natureza policial e administrativa, bem como executar outras tarefas que lhe forem atribuídas.

    REMUNERAÇÃO: R$ 11.983,26.

    JORNADA DE TRABALHO: 40 horas semanais em regime de tempo integral e com dedicação exclusiva.

    PAPILOSCOPISTA POLICIAL FEDERAL

    REQUISITO: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso superior em nível de graduação, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC.

    ATRIBUIÇÕES: executar, orientar, supervisionar e fiscalizar os procedimentos de coleta, revelação, levantamento e armazenamento de fragmentos e impressões papilares, exames e laudos oficiais papiloscópicos, representação facial humana; operação e gestão de bancos e sistemas automatizados de identificação civil e criminal; assistir à autoridade policial; desenvolver estudos na área de papiloscopia; conduzir veículos automotores; cumprir medidas de segurança orgânica; desempenhar outras atividades de natureza policial e administrativa, bem como executar outras tarefas que lhe forem atribuídas.

    REMUNERAÇÃO: R$ 11.983,26.

    JORNADA DE TRABALHO: 40 horas semanais em regime de tempo integral e com dedicação exclusiva.

    Etapas do Concurso Polícia Federal PF

    A primeira etapa do concurso público destina-se à admissão à matrícula no Curso de Formação Profissional e abrange as seguintes fases:

    a) prova(s) objetiva(s), para todos os cargos, de caráter eliminatório e classificatório, de responsabilidade do Cebraspe;

    b) prova discursiva, para todos os cargos, de caráter eliminatório e classificatório, de responsabilidade do Cebraspe;

    c) exame de aptidão física, para todos os cargos, de caráter eliminatório, de responsabilidade do Cebraspe;

    d) prova oral, somente para o cargo de Delegado de Polícia Federal, de caráter eliminatório e classificatório, de responsabilidade do Cebraspe;

    e) prova prática de digitação, somente para o cargo de Escrivão de Polícia Federal, de caráter eliminatório, de responsabilidade do Cebraspe;

    f) avaliação médica, para todos os cargos, de caráter eliminatório, de responsabilidade do Cebraspe;

    g) avaliação psicológica, para todos os cargos, de caráter eliminatório, de responsabilidade do Cebraspe;

    h) avaliação de títulos, somente para os cargos de Delegado de Polícia Federal e de Perito Criminal Federal, de caráter classificatório, de responsabilidade do Cebraspe.

    A segunda etapa do concurso público consiste de Curso de Formação Profissional, de caráter eliminatório, de responsabilidade da Academia Nacional de Polícia, a ser realizado no Distrito Federal, podendo ser desenvolvidas atividades, a critério da Administração, em qualquer unidade da Federação.

    Último concurso da Polícia Federal

    Em 2018, a Polícia Federal abriu edital para preenchimento de 500 vagas. As oportunidades do concurso da Polícia Federal foram destinadas aos cargos de Agente Policial (180 vagas), Delegado de Polícia (150 vagas), Papiloscopista (30 vagas), Perito Criminal (60 vagas) e Escrivão (80 vagas). O Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe Cespe/UnB) teve a responsabilidade do certame.

    A Polícia Federal recebeu a participação de 147.744 inscritos. O cargo de maior procura foi o de Agente de Polícia Federal, com 92.671 interessados. Com 180 vagas, a concorrência geral foi de aproximadamente 514 candidatos por vaga.

Publicado em

NOVO concurso do Ministério da Economia abre 39 vagas

NOVO concurso do Ministério da Economia abre 39 vagas

Grande edital publicado. O Ministério da Economia publicou nesta sexta-feira, 09 de outubro, o seu novo edital de concurso para preenchimento de 39 vagas temporárias. De acordo com o edital publicado, as oportunidades são para atuação em Brasília, no Distrito Federal.

O Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe) tem a responsabilidade do certame. As vagas abertas foram para níveis superior, nas áreas de Direito (37 vagas) e Arquivologia (duas).

Em ambos os casos, além da graduação na área, os candidatos devem ter experiência profissional superior a três anos, em organizações públicas ou privadas na área de atuação, ou título de pós-graduação, mestrado ou doutorado.

Os aprovados na seleção vão contar com salários de R$6.130, por jornada de trabalho de 40 horas semanais. De acordo com a portaria autorizativa do certame, os aprovados atuarão até 1º de dezembro de 2022, quando o prazo de validade do contrato será encerrado.

Vagas

De acordo com o texto, os profissionais contratados vão desenvolver atividades técnicas especializadas no âmbito da Comissão Especial de Extintos Territórios Federais de Rondônia, Amapá e Roraima (CEEXT) do Ministério da Economia.

As vagas do edital do Ministério da Economia serão oferecidas para atividades técnicas de complexidade intelectual, de nível superior. As oportunidades serão para ingresso nas seguintes áreas:

  • Direito (37 vagas); e
  • Arquivologia (02).

De acordo com o aval, os aprovados no processo seletivo irão atuar até 1º de dezembro de 2022, quando o prazo de validade do contrato será encerrado.

As admissões vão depender de prévia aprovação em processo seletivo simplificado. Além disso, as contratações somente vão ser formalizadas mediante disponibilidade de dotações orçamentárias específicas.

Inscrição e Provas

Os interessados em concorrer a uma das vagas poderão se inscrever entre 10 horas do dia 14 de outubro e 18 horas do dia 19 de outubro, no  site do Cebraspe. A taxa de inscrição custa R$100.

Os inscritos no concurso deverão ser avaliados por provas objetivas e títulos. O exame está previsto para o dia 8 de novembro, em locais e horários que serão divulgados no dia 04 do mesmo mês. As provas serão aplicadas em Brasília (DF), com três horas e meia de duração.

De acordo com o edital, a prova terá 120 questões, no modelo “certo” ou “errado”. Serão 70 perguntas de Conhecimentos Específicos e 50 de Conhecimentos Gerais, sendo eles:

  • Língua Portuguesa;
  • Ética na Administração Pública e Legislação; e
  • Noções de Informática.

De acordo com o edital, o candidato será aprovado na prova objetiva caso tenha nota igual ou superior a dez pontos em Conhecimentos Gerais, a 21 pontos na parte Específica e a 36 pontos no conjunto das provas.

O exame de títulos ainda não tem data definida. Após a publicação do resultado final, o concurso Ministério da Economia vai ter validade de dois anos, com possibilidade de prorrogação por igual período.

Fonte: https://noticiasconcursos.com.br/concursos-previstos/concursos-previstos-federais/novo-concurso-ministerio-economia-39-vagas-cebraspe/

Publicado em

Concurso Bombeiros RJ para Oficiais é autorizado oficialmente com 25 vagas

Concurso Bombeiros RJ para Oficiais é autorizado oficialmente com 25 vagas

O Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro vai abrir um novo edital de concurso público (Concurso Bombeiros RJ) para o quadro de Oficiais. O documento de autorização do certame foi publicado nesta sexta-feira, 09 de outubro, no Diário Oficial do Rio de Janeiro. O edital vai abrir 25 vagas.

A organização do concurso será da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj), instituição que será responsável pelas primeiras etapas do concurso, previsto para ser lançado em novembro.

De acordo com informações da Universidade, a corporação optou por aplicar vestibular isolado. Sendo assim, a primeira etapa do concurso Bombeiros RJ Oficiais vai contar com uma prova objetiva e uma redação. Dessa forma, o exame discursivo, com perguntas sobre Física e Matemática, não deverá ser aplicado.

Os interessados em concorrer a uma das vagas deverão se inscrever entre 18 e 30 de novembro, conforme informou a UERJ. A prova objetiva do concurso está prevista para ser aplicada no dia 10 de janeiro de 2021. Requisitos

O Concurso Bombeiros-RJ para o Curso de Formação de Oficiais do Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro deve ter os seguintes requisitos:

  • Ser brasileiro;
  • Estar em dia com as obrigações militares nos termos da Lei de Serviço Militar;
  • Ter consentimento do pai ou do responsável para assentar Praça Especial do Corpo de Bombeiros, se menor de 18 anos;
  • Não deve ter limite de idade;
  • Ter concluído ou concluir até a data da matrícula no curso de formação de oficiais o nível médio;
  • Para os candidatos militares, estar, no mínimo, classificado no comportamento “bom”.

Etapas

Os interessados em concorrer a uma das vagas poderão se inscrever no site da UERJ, durante o 1º ou o 2º exame de qualificação. A primeira fase vai contar com uma prova objetiva e discursiva do vestibular da universidade.

A avaliação vai contar com questões de Linguagens, Matemática, Ciências da Natureza e Ciências Humanas. Será aplicado, ainda, uma prova de redação.

Após o término do exame, os aprovados dentro de três vezes o número de vagas oferecidas no concurso Bombeiros RJ serão convocados para a parte Específica, que é realizada pela própria corporação.

As próximas etapas devem ser exames físicos e de saúde, além de pesquisas documental e social. Após isso, o curso de formação será realizado.

Último concurso para oficiais foi em 2019

O último edital de concurso Bombeiros-RJ foi realizado em 2019. De acordo com o documento de abertura, foram oferecidas 50 vagas para Oficiais, com requisito de nível médio completo.

O edital contou com vagas para candidatos de ambos os sexos. O certame não teve limite de idade ou altura.

O salário do cadete (militar em formação para se tornar oficial) é de, aproximadamente, R$3.200. Após três anos de formação, no posto de aspirante, a remuneração chega a R$6 mil.

Informações do concurso
  • Concurso: Bombeiros-RJ
  • Cargo: oficial
  • Requisito: nível médio
  • Vagas: 25
  • Remuneração: inicial de R$3.200
  • Inscrições: 18 a 30 de novembro de 2020
  • Provas: 10 de janeiro de 2021

Fonte: https://noticiasconcursos.com.br/concursos-previstos/concursos-previstos-sudeste/concurso-bombeiros-rj-para-oficiais/

Publicado em

Concurso PC PA 2020: Instituto AOCP assina contrato para organizar edital

Concurso PC PA 2020: Instituto AOCP assina contrato para organizar edital

É grande a expectativa de realização do concurso da Polícia Civil do Estado do Pará (Concurso PC PA 2020). A corporação assinou o contrato com o Instituto AOCP, empresa que vai organizar o edital. Agora, o edital pode sair a qualquer momento.

O extrato de contrato foi publicado no Diário Oficial do Estado desta quinta-feira, 08 de outubro. De acordo com o documento, estão confirmados os valores das taxas de inscrição:

  • delegado: R$140
  • escrivão: R$ 70
  • investigador: R$70
  • papiloscopista: R$70

Na Seplad, o documento foi assinado pela titular da pasta, Hana Ghassan, que enfatizou a importância da realização dos concursos para o Estado.

“A Polícia Civil entende que a realização do concurso é muito importante para que, dessa forma, possamos repor o efetivo que está em vias de se aposentar, especialmente com o cenário de pandemia em que muitos policiais tiveram que se afastar do trabalho”, destacou Juliana Cavalcante.

A Secretária adjunta de gestão e modernização da Seplad, Josynélia Tavares, falou da transparência na realização da licitação para escolher a banca organizadora.

“O concurso da PM e da PC é um compromisso de governo com a categoria, que já possui uma defasagem de servidores, em razão de vacâncias no quadro. Nesse sentido, a Seplad, por meio da Diretoria de Gestão e logística e em conjunto com a comissão formada para a licitação desses concursos, vem trabalhando sem medir esforços, para dar continuidade ao processo de seleção da banca organizadora, buscando a melhor proposta no quesito técnica e preço, envidando pela legitimidade e o devido processo legal em todas as fases, sem perder o ritmo intenso de trabalho objetivando a conclusão dessa seleção o mais breve possível”, destacou Josynélia Tavares.

O edital do concurso da corporação está previsto para ser publicado no final de novembro ou no início de dezembro, conforme informou o delegado-geral, Walter Resende, no início de outubro.

Segundo informações do chefe da corporação, em um vídeo publicado no seu perfil do Instagram, este será o maior concurso da Polícia Civil.

“Hoje foi homologado o resultado da licitação que escolheu a banca que vai organizar o concurso público da Polícia Civil. A vencedora foi a banca AOCP. A partir de agora a gente vai viabilizar o contrato com a referida empresa. E posteriormente, no final de novembro a início de dezembro, a publicação do edital irá definir todas as regras do concurso.”

De acordo com Walter, a Polícia Civil trabalha para aplicar provas no primeiro semestre de 2021.

O concurso PC PA 2020

A Seplad confirmou quais serão as localidades de aplicação de provas. Serão, ao todo, seis cidades, incluindo a capital Belém.

De acordo com informações da coordenadora de seleção de pessoas, Anna Laura Araújo, os exames serão aplicados em Belém, Marabá, Altamira, Santarém, Itaituba e Redenção. A primeira etapa do concurso da corporação vai contar com provas escritas, sendo elas objetiva e discursiva.

A comissão de licitação foi definida, conforme portaria publicada no Diário Oficial do Estado do Pará do dia 05 de junho. O grupo de trabalho vai contar com os seguintes membros:

  • Presidente: Iris Alves Miranda Negrão;
  • 1º membro: Marilia Lima de Moraes;
  • 2º membro: Odilene Fernandes da Conceição Santos;
  • 3º membro: Sinélio Ferreira de Menezes Filho.

Preparativos

O efetivo em lei previsto é de 5.600 vagas. No entanto, o efetivo atual conta com 3.170 cargos preenchidos, resultando em um déficit de 43,39% de servidores.

De acordo com informações da Secretaria de Administração do Pará (SEAD), o governo estadual iniciou os procedimentos necessários para a realização de um novo certame para corporação. Além disso, a pasta confirmou editais de concursos para Polícia Militar e Superintendência do Sistema Penitenciário do Estado do Pará (SUSIPE).

Após escolher a banca, a próxima etapa será a publicação do edital PC-PA 2020. Em setembro de 2019, a corporação confirmou que o edital será publicado com 1.495 vagas. As vagas serão distribuídas entre os cargos de Delegado (265 vagas), Escrivão (252 vagas), Investigador (818 vagas) e Papiloscopista (160 vagas).

Projeto básico do concurso PC-PA lista requisitos e etapas do concurso

Alguns detalhes do concurso estão disponíveis no projeto básico do certame. Através desse documento, as empresas interessadas em organizar o certame podem tomar conhecimentos sobre os principais detalhes do certame. A corporação trabalha, no momento, com uma estimativa de 42.183 inscritos, sendo:

  • Delegado: 14.519 inscritos;
  • Investigador: 18.205 inscritos;
  • Escrivão: 7.709 inscritos;
  • Papiloscopista: 1.750 inscritos.

O número de inscritos foi obtido com base no último concurso, realizado em 2016.

Segundo a corporação, foi estimado um valor máximo para taxa de inscrição no concurso. Para delegado, a taxa será de até R$182,95. Já os demais deverão pagar um valor de até R$148,68.

O concurso PC-PA será realizado em duas fases. A primeira etapa será composta por prova escritas, prova oral, prova de capacitação física, exames médicos, exames psicológicos e investigação social e criminal. Já a segunda fase vai contar com um curso técnico-profissional. A formação será ministrada pela Academia de Polícia Civil e terá carga horária mínima de 480 horas.

O tempo de duração do curso vai ser distribuído por atividades de aulas técnicas e práticas e estágios supervisionados em órgãos policiais.

Último Concurso da Polícia Civil do Pará

O último concurso da Polícia Civil do Pará aconteceu em 2016, quando contou com vagas para o cargo de Delegado. Para concorrer ao cargo, o candidato precisou ter nível superior completo de bacharel em Direito, fornecido por Instituição de Ensino Superior reconhecida pelo Ministério da Educação. A remuneração foi de R$ 12.250.

Para as demais carreiras da corporação, funções de investigador, escrivão e papiloscopista, são exigidos o nível superior em qualquer área. O salário chegou a R$ 5.204,05. De acordo com o último edital, a jornada de trabalho será integral, com exclusiva dedicação às atividades do cargo, com jornada semanal de quarenta e quatro horas, respeitadas as peculiaridades do cargo, podendo ser convocado a qualquer tempo, a critério da Administração da Polícia Civil-PA.

Os candidatos foram avaliados por prova objetiva de múltipla escolha, de caráter eliminatório e classificatório; prova de capacitação física, de caráter eliminatório; exame médico, de caráter eliminatório; exame psicológico, de caráter eliminatório;  e investigação criminal e social, de caráter eliminatório. A prova objetiva foram aplicadas em Belém, Marabá, Altamira e Santarém.

Provas do Concurso

A prova de delegado contaram com questões de Língua Portuguesa (5), Direito Administrativo (10), Direito Ambiental (5), Direito Civil/Empresarial (10), Direito Constitucional (10), Direitos Humanos (5), Direito Penal (10), Direito Processual Penal (10), Medicina Legal (5) e Legislação Especial (10), totalizando 80 quesitos. Os candidatos ainda passam por prova discursiva, na qual o candidato deverá elaborar 01 (uma) Peça Processual de Representação.

Já para as demais carreiras, cargos de Investigador e Escrivão, as provas contaram com questões de Língua Portuguesa (10), Noções de Informática (5), Raciocínio Lógico (5), Noções de Direito Administrativo (10), Noções de Direito Constitucional (10), Noções de Direito Penal (10), Noções de Direito Processual Penal (10), Legislação Especial (10) e Noções de Medicina Legal (10), num total de 80 questões. Para a função de Papiloscopista, ainda haverá questões de Noções de Identificação, Noções Básicas de Química e Noções de Medicina Legal.

Informações do concurso
  • Concurso: Polícia Civil do Pará (PC PA) 2020
  • Banca organizadora: Instituto AOCP
  • Escolaridade: superior
  • Número de vagas: 1.495
  • Remuneração: a definir
  • Inscrições: a definir
  • Taxa de Inscrição: a definir
  • Provas: a definir
  • Situação: PREVISTO

Fonte: https://noticiasconcursos.com.br/concursos-previstos/concurso-policia-civil-pc-pa-2020-edital/

Publicado em

Concurso Polícia Federal: Bolsonaro diz que edital está sendo finalizado

Concurso Polícia Federal: Bolsonaro diz que edital está sendo finalizado

Está confirmado! O novo edital de concurso público da Polícia Federal (Concurso PF) está em fase final e deve ser publicado ainda em 2020. De acordo com o presidente Jair Bolsonaro, nesta quinta-feira, 08 de outubro, o edital já está sendo finalizado. Segundo ele, a corporação teve o aval de Paulo Guedes para preencher 2 mil vagas.

“Conseguimos também, junto ao ministro da Economia, a oportunidade de mais 2 mil vagas para o ano que vem. Estamos ultimando a confecção do edital de modo que, o mais rapidamente possível, possamos ter esse efetivo a mais para somar a vocês para combater o crime organizado em nosso país,” disse Bolsonaro durante cerimônia de formatura de cursos da Polícia Federal, que aconteceu na manhã desta quinta-feira, 8.

O presidente também agradeceu ao ministro André Mendonça, responsável pela pasta da Justiça e Segurança Pública, e destacando o trabalho do governo junto à Polícia Federal após a troca do cargo com a saída de Moro.

De acordo com Bolsonaro, o atual diretor-geral da PF,  Rolando Alexandre, também atuou neste processo de sensibilização para que Paulo Guedes pudesse autorizar o curso dos novos policiais e mais reforço na corporação para combate ao crime.

Distribuição das vagas previstas do concurso PF

Área policial

  • 1.016 vagas de agente;
  • 600 vagas de escrivão;
  • 300 vagas de delegado; e
  • 84 vagas de papiloscopista.

Área administrativa

  • Administrador – 21 vagas
  • Arquivista – 08 vagas
  • Assistente social – 10 vagas
  • Bibliotecário – 01 vaga
  • Contador – 09 vagas
  • Economista – 03 vagas
  • Enfermeiro – 03 vagas
  • Engenheiro – 01 vaga
  • Estatístico – 04 vagas
  • Farmacêutico – 01 vaga
  • Médico – 65 vagas
  • Nutricionista – 01 vaga
  • Odontólogo – 11 vagas
  • Psicólogo – 05 vagas
  • Técnico em assuntos educacionais – 13 vagas
  • Técnico em comunicação social – 03 vagas
  • Agente administrativo – 349 vagas

O concurso da Polícia Federal

Acontece que o diretor-geral da corporação, Rolando Alexandre de Souza, confirmou que o edital do novo concurso da Polícia Federal será divulgado ainda este ano.

A declaração foi dada pelo chefe da corporação em live realizada junto à Associação dos Delegados de Polícia Federal (ADPF) no dia 06 de agosto.

“Se der tudo certo, ainda este ano divulgaremos o edital do novo concurso, e se tudo der certo, com o curso de formação iniciado no final do ano que vem, já que nosso concurso é longo, um ano em razão das etapas, mas entraríamos em 2022 com o maior efetivo da história da Polícia Federal”

No dia 31 de agosto, por exemplo, o presidente Jair Bolsonaro comentou sobre o concurso da PF nas redes sociais, confirmando o novo edital para mais de 2 mil vagas.

Além disso, o diretor-geral da Polícia Federal comentou com representantes da ADPF sobre a intenção de realizar novos concursos públicos periódicos, a cada dois anos, tendo em vista que a duração é extensa em função das etapas de seleção. Para isso acontecer, ele comenta sobre a criação de um projeto de lei para que essa periodicidade seja ainda mais reforçada.

“Tivemos conversas com o Ministério da Justiça e Segurança Pública para tentar realizar concursos a cada dois anos. Teríamos concursos menores, mas permitindo uma oxigenação continua no efetivo da PF.”

Sobre os cargos da Polícia Federal

DELEGADO DE POLÍCIA FEDERAL

REQUISITOS: diploma, devidamente registrado, de bacharel em Direito, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC), e comprovação de 3 (três) anos de atividade jurídica ou policial.

ATRIBUIÇÕES: instaurar e presidir procedimentos policiais de investigação; orientar e comandar a execução de investigações relacionadas com a prevenção e repressão de ilícitos penais; participar do planejamento de operações de segurança e investigações; supervisionar e executar missões de caráter sigiloso; participar da execução das medidas de segurança orgânica, bem como desempenhar outras atividades, semelhantes ou destinadas a apoiar o órgão na consecução dos seus fins.

SALÁRIO: R$ 22.672,48.

JORNADA DE TRABALHO: 40 horas semanais em regime de tempo integral e com dedicação exclusiva.

AGENTE DE POLÍCIA FEDERAL

REQUISITOS: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso superior em nível de graduação, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC.

ATRIBUIÇÕES: investigar atos ou fatos que caracterizem ou possam caracterizar infrações penais, observada a competência da Polícia Federal; proceder à busca de dados necessários; executar todas as tarefas necessárias à identificação, ao arquivamento, à recuperação, à produção e ao preparo dos documentos de informações; executar todas as atividades necessárias à prevenção e repressão de ilícitos penais da competência da Polícia Federal; conduzir veículos automotores, embarcações e aeronaves; auxiliar a autoridade policial em todos os atos de investigação, cumprir medidas de segurança orgânica; desempenhar outras atividades de natureza policial e administrativa, bem como executar outras tarefas que lhe forem atribuídas.

SALÁRIO: R$ 11.983,26.

JORNADA DE TRABALHO: 40 horas semanais em regime de tempo integral e com dedicação exclusiva

ESCRIVÃO DE POLÍCIA FEDERAL

REQUISITO: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso superior em nível de graduação, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC.

ATRIBUIÇÕES: dar cumprimento às formalidades processuais, lavrar termos, autos e mandados, observando os prazos necessários ao preparo, à ultimação e à remessa de procedimentos policiais de investigação; atuar nos procedimentos policiais de investigação, acompanhar a autoridade policial, sempre que determinado, em diligências policiais; responsabilizar-se pelo valor das fianças recebidas e pelos objetos de apreensão; conduzir veículos automotores; cumprir medidas de segurança orgânica; atuar nos procedimentos policiais de investigação; desempenhar outras atividades de natureza policial e administrativa, bem como executar outras tarefas que lhe forem atribuídas.

REMUNERAÇÃO: R$ 11.983,26.

JORNADA DE TRABALHO: 40 horas semanais em regime de tempo integral e com dedicação exclusiva.

PAPILOSCOPISTA POLICIAL FEDERAL

REQUISITO: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso superior em nível de graduação, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC.

ATRIBUIÇÕES: executar, orientar, supervisionar e fiscalizar os procedimentos de coleta, revelação, levantamento e armazenamento de fragmentos e impressões papilares, exames e laudos oficiais papiloscópicos, representação facial humana; operação e gestão de bancos e sistemas automatizados de identificação civil e criminal; assistir à autoridade policial; desenvolver estudos na área de papiloscopia; conduzir veículos automotores; cumprir medidas de segurança orgânica; desempenhar outras atividades de natureza policial e administrativa, bem como executar outras tarefas que lhe forem atribuídas.

REMUNERAÇÃO: R$ 11.983,26.

JORNADA DE TRABALHO: 40 horas semanais em regime de tempo integral e com dedicação exclusiva.

Etapas do Concurso Polícia Federal PF

A primeira etapa do concurso público destina-se à admissão à matrícula no Curso de Formação Profissional e abrange as seguintes fases:

a) prova(s) objetiva(s), para todos os cargos, de caráter eliminatório e classificatório, de responsabilidade do Cebraspe;

b) prova discursiva, para todos os cargos, de caráter eliminatório e classificatório, de responsabilidade do Cebraspe;

c) exame de aptidão física, para todos os cargos, de caráter eliminatório, de responsabilidade do Cebraspe;

d) prova oral, somente para o cargo de Delegado de Polícia Federal, de caráter eliminatório e classificatório, de responsabilidade do Cebraspe;

e) prova prática de digitação, somente para o cargo de Escrivão de Polícia Federal, de caráter eliminatório, de responsabilidade do Cebraspe;

f) avaliação médica, para todos os cargos, de caráter eliminatório, de responsabilidade do Cebraspe;

g) avaliação psicológica, para todos os cargos, de caráter eliminatório, de responsabilidade do Cebraspe;

h) avaliação de títulos, somente para os cargos de Delegado de Polícia Federal e de Perito Criminal Federal, de caráter classificatório, de responsabilidade do Cebraspe.

A segunda etapa do concurso público consiste de Curso de Formação Profissional, de caráter eliminatório, de responsabilidade da Academia Nacional de Polícia, a ser realizado no Distrito Federal, podendo ser desenvolvidas atividades, a critério da Administração, em qualquer unidade da Federação.

Último concurso da Polícia Federal

Em 2018, a Polícia Federal abriu edital para preenchimento de 500 vagas. As oportunidades do concurso da Polícia Federal foram destinadas aos cargos de Agente Policial (180 vagas), Delegado de Polícia (150 vagas), Papiloscopista (30 vagas), Perito Criminal (60 vagas) e Escrivão (80 vagas). O Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe Cespe/UnB) teve a responsabilidade do certame.

A Polícia Federal recebeu a participação de 147.744 inscritos. O cargo de maior procura foi o de Agente de Polícia Federal, com 92.671 interessados. Com 180 vagas, a concorrência geral foi de aproximadamente 514 candidatos por vaga.

100% de Acordo com Último Edital

Fonte: https://noticiasconcursos.com.br/concursos-previstos/urgente-concurso-policia-federal-bolsonaro-diz-que-edital-esta-sendo-finalizado/

Publicado em

Concurso PC RJ está autorizado e vai sair em 2021! Até R$18 mil

Concurso PC RJ está autorizado e vai sair em 2021! Até R$18 mil

A Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro vai abrir um novo edital de concurso público (Edital Concurso Polícia Civil PC RJ 2020) para sete cargos, totalizando 864 vagas. O anúncio de vagas da corporação foi anunciado pelo secretário da corporação, Allan Turnowski, no primeiro semestre de 2021. 

Em coletiva de imprensa no último dia 08, o chefe da pasta revelou que o concurso tinha preparativos adiantados. No entanto, o certame foi atingido pelo bloqueio de mais de 8 mil cargos vagos no Estado.

Mesmo assim, o secretário explica que já tem vacâncias que ocorreram depois desse bloqueio. Dessa forma, os cargos poderão ser preenchidos por novos aprovados em concursos.

A corporação, inicialmente, tinha objetivo de abrir o concurso com um quantitativo menor que as 864 vagas autorizadas inicialmente. Após isso, será necessário convocar mais aprovados à medida que surgirem novas vacâncias.

“Vamos abrir o concurso e ir chamando conforme novas vagas forem abertas, chamando de acordo com a colocação. O concurso está autorizado e vai sair ano que vem,” disse.

As oportunidades serão divulgadas para cargos de níveis fundamental, médio e superior, com iniciais de até R$ 18.157,73. O Instituto AOCP foi confirmado como banca organizadora para todos os cargos, com exceção de Delegado, que terá o Instituto Acesso na organização.

Segundo o subsecretário de Gestão Administrativa, delegado Flávio Britto, será permitido concorrer a mais de um cargo, desde que atenda aos requisitos de cada um. Isso será permitido porque as avaliações serão aplicadas em dias diferentes.

“Nós termos uma grande notícia para você, candidato, vai poder fazer todos os concursos, desde que seja habilitado. Vamos garantir que não haverá coincidência de datas das provas de primeira fase. Estude bastante que a Polícia Civil te espera”, esclareceu Britto.

As vagas do concurso PC-RJ 2020 foram autorizadas para os cargos de Delegado (47 vagas); Perito Legista (54 vagas), Inspetor (597 vagas), Investigador (118 vagas), Perito Criminal (20 vagas), Técnico de Necropsia (16 vagas) e Auxiliar de Necropsia (12 vagas).

De acordo com dados do Sindicato dos Policiais Civis do Rio (Sindpol), a legislação prevê 23.800 cargos preenchidos. No entanto, o Estado conta com apenas cerca de 9 mil agentes na ativa. Desse total, 2.500 já poderiam ter se aposentado, mas continuam trabalhando.

Segundo Marcus, a carência de 15 mil policiais foi o motivo para a autorização de um novo concurso da Polícia Civil do RJ. “Nosso déficit é muito grande e o governador Wilson Witzel entendeu isso e já autorizou. A toda hora, ele me pergunta como está o andamento das comissões”, disse o secretário.

O Secretário espera um concurso bastante concorrido, por isso recomenda uma boa preparação. “A gente espera que todos se preparem muito bem, estudem, porque ser policial civil passa a ser a nossa vida. É um trabalho que a gente faz para sociedade, é servir realmente à sociedade. Estudem bastante, pois será um concurso muito concorrido”, disse em entrevista à rádio CBN.

O Concurso PC RJ 2020

O concurso público da Polícia Civil-RJ 2020 terá objetivo de reforçar a Segurança Pública do Estado. “A Segurança Pública continua sendo uma das prioridades do nosso governo. Sabemos que uma Polícia Civil bem aparelhada e com capacidade de investigação poderá desmobilizar o crime organizado. Os resultados estão começando a aparecer. Além de mais policiais nas ruas, a Secretaria de Administração Penitenciária está fazendo diversas vistorias nas cadeias para apreender celulares e drogas”, afirmou.

A carência de 15 mil policiais, segundo o chefe da pasta, foi o motivo para a autorização de um novo concurso da Polícia Civil. Algumas carreiras da corporação, como a de delegado, não têm novos editais há seis anos. “Nosso déficit é muito grande e o governador Wilson Witzel entendeu isso e já autorizou (o concurso). A toda hora, ele me pergunta como está o andamento das comissões”, disse o secretário de Polícia Civil-RJ sobre o trabalho na organização dos editais.

O Concurso Polícia Civil PC RJ

O cargo de Auxiliar de Necropsia da Polícia Civil/RJ requer nível fundamental e conta com salário de R$ 4.743,12. Já para Técnico de Necropsia, é exigido nível médio. A remuneração é de R$ 5.277,59. O cargo de Investigador também exigirá nível médio.

Para concorrer ao cargo de Inspetor de Polícia Civil será necessário nível superior em qualquer área. Os profissionais aprovados no cargo fazem jus ao salário de R$ 6.280,31. O cargo de Investigador também exige a mesma escolaridade. Para o posto, o salário é de R$ 5.740,38.

A função de Médico Legista tem exigência de graduação nas áreas de Medicina, Odontologia, Farmácia e Bioquímica. O salário é de R$ 9.376,46, além de benefícios.

Para concorrer ao cargo de Delegado, o candidato deverá ter nível superior em Direito, devendo apresentá-lo na data da posse, o diploma devidamente registrado e emitido por instituição reconhecida pelo Ministério da Educação. A remuneração é de R$ 18.747,95.

Os salários citados já incluem o auxílio-alimentação de R$ 264,00.

Sobre os cargos

Auxiliar de Necropsia:  exercer atividades de natureza repetitiva relacionada à remoção, lavagem e asseio de cadáveres, limpeza e conservação de necrotérios, em qualquer órgão da Polícia Civil, compatível com suas atribuições; exercer outras atividades que forem definidas por lei ou outro ato normativo.

Técnico de Necropsia: exercer atividades de natureza repetitiva relativa à execução de trabalhos operacionais-complementares, na área de anátomo-patologia, abrangendo a realização de necropsia e dissecação de cadáveres, sob supervisão direta de Peritos Policiais, bem assim conservação do material técnico, em qualquer órgão da Polícia Civil, compatível com suas atribuições; exercer outras atividades que forem definidas por lei ou outro ato normativo.

Inspetor Policial: exercer atividades, envolvendo supervisão, coordenação, orientação e controle chefias de policiais civis, bem como assistência às autoridades superiores em assuntos técnicos especializados e fiscalização de trabalhos de segurança, investigações e operações policiais; exercer a segurança de autoridades, de bens e de serviços ou de áreas de interesse da segurança interna, bem assim investigações e operações policiais, com vistas à apuração de atos e fatos que caracterizam infrações penais; exercer, quando exigidas a especialidade e habilitação profissionais, atividades de natureza repetitiva, compreendendo a execução qualificada, sob supervisão e orientação superior, dos trabalhos laboratoriais, relativos a determinações, dosagens e análises em geral, com vistas à investigação policial, operar radiografias em vivo e em cadáver, para localização de projéteis de arma de fogo ou outros, bem como técnicas histológicas e hematológicas; zelar, quando incumbido de sua guarda, pelo instrumento técnico e científico dos laboratórios de perícias, encarregando-se de sua preparação para exame em geral, limpeza e conservação; exercer, ainda, quando exigidas, no concurso público, a especialidade e habilitação profissionais, atividades de natureza técnica, envolvendo supervisão, orientação e execução de serviços em oficinas ou unidades policiais relacionadas com a função, bem assim a revisão de trabalho de equipes de funcionários de categoria igual ou inferior, além de outras relativas às áreas de informática e de telecomunicações policiais; dirigir viaturas policiais, quando a situação o exigir, em qualquer órgão da Polícia Civil, compatível com suas funções; exercer, quando ocupante da classe Comissário de Polícia, além da assistência às autoridades superiores em assuntos técnicos especializados e fiscalização de trabalhos de segurança, investigações e operações policiais, segurança de autoridades, bens, serviços e de áreas de interesse da segurança pública, investigações e operações policiais, com vistas à apuração de atos e fatos que caracterizam infrações penais, também, a supervisão, coordenação, orientação e o controle de chefias de equipes de policiais civis hierarquicamente subordinados; exercer outras atividades que forem definidas por lei ou outro ato normativo.

O Delegado de Polícia deverá: – zelar pela segurança do Estado e de sua população; – concorrer para a manutenção da ordem pública; – assegurar a observância da lei; – defender as instituições públicas; – promover a prevenção, a apuração e a repressão das infrações penais; – assegurar o exercício pleno da cidadania e das liberdades individuais; – exercer atividades de nível superior, compreendendo supervisão, planejamento, coordenação e controle, no mais alto nível de hierarquia da Administração Policial do Estado; – exercer atividades de pesquisa, orientação e organização de trabalhos técnicos relacionados com segurança, investigação e operações policiais; – exercer atividades de comando, coordenação e controle de programas, planos, projetos e realizações, assessoramento e auditagem; – exercer atividades de direção e chefia nos vários escalões da estrutura organizacional da Polícia Civil; – exercer atividades de direção de Divisões, Delegacias Especializadas e Policiais, de conformidade com a escala hierárquica, instauração e presidência de todos os procedimentos de Polícia Judiciária; – e outras atividades que forem definidas por lei ou regulamento.

Etapas do concurso

Delegado: Provas objetivas; Provas discursivas; Provas orais; Prova de capacidade física; Exame psicotécnico; Exame médico.

Demais cargos: Provas objetivas; Prova de capacidade física; Exame psicotécnico; Exame médico.

Os aprovados ainda serão submetidos a cursos de formação e prova de investigação social, na Academia de Polícia (Acadepol).

Último concurso de Delegado foi divulgado em 2012

O último concurso de Delegado da Polícia Civil do Rio de Janeiro foi divulgado em 2012, quando contou, a princípio, com 100 vagas. Logo depois, a oferta foi ampliada para 150 vagas. A Fundação Professor Carlos Augusto Bittencourt (FUNCAB) organizou o certame.

A Prova Objetiva Preliminar, que integra a Primeira Fase do Concurso, teve caráter eliminatório, compreendendo 100 (cem) questões, distribuídas entre as disciplinas de Direito Penal (20 questões), Direito Processual Penal (20 questões), Direito Administrativo (20 questões), Direito Constitucional (20 questões), Direito Civil (10 questões) e Medicina Legal (10 questões).

Participaram da segunda etapa (prova discursiva específica), todos os candidatos aprovados na Prova Objetiva Preliminar. As provas foram aplicadas, de forma agrupada, em 03 (três) dias diferentes, sendo o primeiro grupo no sábado, o segundo grupo no domingo seguinte e o terceiro grupo no domingo subsequente. A avaliação abordou questões de Direito Penal (04), Direito Processual Penal (04), Direito Administrativo (04), Direito Constitucional (04), Medicina Legal (04) e Direito Civil (04).

Sobre o órgão

A primeira polícia existente no Rio foi a Guarda Escocesa, trazida por Villegagnon em 1555, para lhe garantir a vida, permitindo-lhe colocar em execução um regime opressor e severo. No dia 1º de março de 1565, na várzea existente entre o Morro Cara de Cão, hoje São João, e o pico do Pão de Açúcar foi fundada solenemente a cidade de São Sebastião do Rio de Janeiro. Nessa ocasião, Estácio de Sá nomeou as primeiras autoridades, sendo indicado para o cargo de Alcaide Pequeno – encarregado das diligências noturnas o carcereiro Francisco Fernandes.

Nesse dia foram nomeados ainda, Pedro Martins Namorado – Juiz das Terras; Antonio de Marins Coutinho – Provedor da Fazenda Real; Francisco Dias Pinto – Alcaide Mor; Pedro Costa – Tabelião, Escrivão das Sesmarias e Oficial de Armas da Cidade; João Grossi – Almotacé , funcionário incumbido da aferição dos pesos e medidas, preços de comestíveis e asseio da população.

A Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro tem missão de garantir os direitos fundamentais através da apuração eficiente e qualificada das infrações penais.

Valores – Ética, Hierarquia e disciplina, Comprometimento, valorização do servidor, Garantia dos direitos fundamentais, Foco no cidadão, Excelência e transparência na prestação do serviço policial, Gestão por resultado e Parcerias institucionais.

Visão – Ser reconhecida como polícia cidadã e referência pelo alto índice de elucidação das infrações penais.

Informações do concurso
  • Concurso: Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro (PC-RJ)
  • Banca organizadora: Instituto AOCP e Instituto Acesso
  • Escolaridade: fundamental, médio e superior
  • Número de vagas: 864
  • Remuneração: Até R$18.747,95
  • Inscrições: a definir
  • Taxa de Inscrição: a definir
  • Provas: a definir
  • Situação: AUTORIZADO

100% de Acordo com Último Edital

Fonte: https://noticiasconcursos.com.br/concursos-previstos/concurso-pc-rj-2020-edital/

Publicado em

Concursos abertos nesta semana abrem mais de 8 mil vagas no país

Concursos abertos nesta semana abrem mais de 8 mil vagas no país

semana começou com tudo! Se você sonha em ingressar no serviço público, a hora é agora. Acontece que diversos editais de concursos estão abertos para preenchimento de vagas no país.

As seleções abertas contam com muitas vagas – são 8.684 no total – com salários atrativos. Veja a lista completa e prepare-se:

Cabo Frio (RJ)

No Estado do Rio de Janeiro, a Prefeitura Municipal de Cabo Frio abriu editais de concurso público para preenchimento de 922 vagas em cargos de níveis fundamental, médio/técnico e superior na autarquia municipal.

Os interessados em concorrer a uma das vagas poderão se inscrever entre o período de 14 de outubro até às 23h59 do dia 13 de dezembro de 2020, no endereço eletrônico oficial da banca organizadora  Instituto Brasileiro de Administração Municipal (Ibam). O valor da inscrição oscila entre R$ 40,00 a R$ 60,00.

As avaliações serão aplicadas em data provável nos dias 21 de março e 11 e 18 de abril de 2021, enquanto as provas prática e de aptidão física estão previstas para os dias 29 e 30 de maio e 5 e 6 de junho de 2021.

O concurso é válido por 24 meses, a contar da data de homologação do resultado final, prazo este que poderá ser prorrogado uma vez, por igual período, a critério da autarquia municipal.

  • Concurso: Prefeitura Municipal de Cabo Frio RJ
  • Banca organizadora: Instituto Brasileiro de Administração Municipal (Ibam)
  • Escolaridade: fundamental, médio/técnico e superior
  • Número de vagas: 922
  • Remuneração: R$ 998,00 a R$ 5.018,98
  • Inscrições: 14 de outubro a 13 de dezembro de 2020
  • Taxa de Inscrição: R$ 40,00 a R$ 60,00
  • Provas: 21 de março e 11 e 18 de abril de 2021
  • Situação: PUBLICADO

 

PM SP (Guarda-Vidas)

Saiu o edital. O Corpo de Bombeiros da Polícia Militar de São Paulo faz saber aos interessados a abertura de novo edital de processo seletivo para o cargo de Guarda-Vidas. Serão oferecidas, ao todo, 600 vagas para diversas regiões.

Para concorrer a uma das vagas, o candidato precisa ter nível fundamental, além de ter preciso ter idade igual ou superior a 18 anos, estar em dia com as obrigações militares e eleitorais e não ter antecedentes criminais.

O salário do profissional será de R$1.290,66, mais vale-transporte e vale-refeição. As vagas serão distribuídas da seguinte maneira:

  • Ilha Comprida (36 vagas);
  • Iguape (14);
  • Guarujá (50);
  • Bertioga (58);
  • Peruíbe (40);
  • São Sebastião (30);
  • Itanhaém (50);
  • Ilha Bela (12);
  • Mongaguá (60);
  • Caraguatatuba (20);
  • Praia Grande (100);
  • Ubatuba (50);
  • São Vicente (20);
  • Santos (10);
  • São Paulo – represa Guarapiranga (36);
  • e São Bernardo do Campo – represa Billings (14).

Os profissionais serão contratados por, no máximo, cinco meses. Os serviços serão prestados de novembro de 2020 a março de 2021. A jornada será de 40 horas semanais.

Os interessados em concorrer a uma das vagas poderão se inscrever entre 01 e 31 de outubro de 2020, no site da corporação . Além disso, o candidato também consegue se inscrever pessoalmente nos endereços descritos no edital. Não haverá taxa de inscrição.

Itaboraí RJ

  • Concurso: Prefeitura Municipal de Itaboraí RJ
  • Banca organizadora: Instituto Carlos Augusto Bittencourt – INCAB
  • Escolaridade: médio/magistério e superior
  • Número de vagas: 653
  • Remuneração: R$ 1.526,13 e R$ 1.983,36
  • Inscrições: até 29 de outubro de 2020
  • Taxa de Inscrição: R$ 70,00 e R$ 90,00
  • Provas: 22 de novembro de 2020
  • Situação: PUBLICADO

Mari PB

  • Concurso: Prefeitura Municipal de Mari PB
  • Banca organizadoraIDIB
  • Escolaridade: fundamental, médio e superior
  • Número de vagas: 143
  • Remuneração: R$ 1.045,00 a R$ 8.591,00
  • Inscrições: até 12 de outubro de 2020
  • Taxa de Inscrição: R$ 70,00 a R$ 130,00
  • Provas: 6 de dezembro de 2020
  • Situação: PUBLICADO

Carutapera MA

  • Concurso: Prefeitura Municipal de Carutapera MA
  • Banca organizadora: prefeitura
  • Escolaridade: fundamental, médio, técnico e superior
  • Número de vagas: 189
  • Remuneração: R$ 1.045,00 a R$ 2.410,80
  • Inscrições: até 22 de outubro de 2020
  • Taxa de Inscrição: R$ 69,00 a R$ 101,90
  • Provas: 22 de novembro de 2020
  • Situação: PUBLICADO

Alagoa Nova PB

  • Concurso: Prefeitura Municipal de Alagoa Nova PB
  • Banca organizadoraContemax Consultoria
  • Escolaridade: fundamental, médio e superior.
  • Número de vagas: 111
  • Remuneração: R$ 1.045,00 a R$ 2.738,82
  • Inscrições: até 25 de outubro de 2020
  • Taxa de Inscrição: R$ 75,00 e R$ 110,00
  • Provas: 22 de novembro de 2020
  • Situação: PUBLICADO

Redenção PA

No Estado do Pará, a Prefeitura de Redenção faz saber aos interessados a abertura de nada menos que 1.012 vagas em cargos de ensino fundamental, médio e superior.

De acordo com o comunicado de vagas, os futuros aprovados no certame atuarão nos quadros das secretarias de Administração, Educação e Saúde. Os interessados poderão se inscrever até 12 de novembro, no  site do Ivin, organizador da seleção .

Marapanim PA

  • Concurso: Prefeitura Municipal de Marapanim PA
  • Banca organizadora: Instituto Vicente Nelson (Ivin)
  • Escolaridade: fundamental, médio e de níveis técnico e superior
  • Número de vagas: 380
  • Remuneração: R$ 1.045,00 a R$ 3.193,00
  • Inscrições: 21 de setembro até o dia 20 de outubro de 2020
  • Taxa de Inscrição: R$ 60,00 a R$ 90,00
  • Provas:  06 de dezembro de 2020
  • Situação: PUBLICADO

Costa Marques RO

No Estado de Rondônia, a Prefeitura Municipal de Costa Marques faz saber aos interessados a abertura de um novo edital de concurso e processo seletivo simplificado que tem por objetivo preencher 138 vagas em cargos de níveis fundamental, médio, técnico e superior.

CREA SC

  • Concurso: CREA SC
  • Banca organizadora: IESES
  • Escolaridade: superior
  • Número de vagas: 07 + CR
  • Remuneração: R$8.428,71
  • Inscrições: até 13 de novembro
  • Taxa de Inscrição: R$95
  • Provas: 13 de dezembro
  • Situação: PUBLICADO

Campo Bom (RS)

No Estado do Rio Grande do Sul, a Prefeitura de Campo Bom faz saber aos interessados a abertura de novo edital para o preenchimento de 20 vagas de nível médio no cargo de Guarda Municipal.

O cargo requer nível médio, ter, no mínimo, 21 anos e, no máximo, 35 na data final das inscrições e ter estatura mínima de 1,65m (homens) ou 1,60m (mulheres). Além disso, será necessário possuir Carteira Nacional de Habilitação, no mínimo, na categoria “A” e “B”.

O salário inicial do cargo de Guarda Municipal será de R$2.500,00. Além disso, os profissionais vão contar com vale-transporte (R$300,62) e auxílio-alimentação (R$249,85) e Adicional de Risco de Vida de 50% sobre o vencimento.

Os interessados em concorrer a uma das vagas poderão se inscrever até as 17 horas do dia 22 de outubro. Os interessados podem fazer a candidatura por meio do  site da Fundatec, banca organizadora  .

Fundação Hospitalar Getúlio Vargas (RS)

Edital publicado. A Fundação Hospitalar Getúlio Vargas, na Região Metropolitana de Porto Alegre faz saber aos interessados a abertura de novo edital de concurso para preenchimento de 251 vagas, sendo 239 de nível superior.

Além disso, o edital reserva vagas para cargos de níveis fundamental e médio. O regime de contratação é o celetista. O salário pode chegar a até R$ 11.893,96.

Os interessados em concorrer a uma das vagas poderão se inscrever até 28 de outubro pelo site do IBRASP.

Alta Taquari (MT)

  • Concurso: Prefeitura Municipal de Alto Taquari MT
  • Banca organizadora: prefeitura
  • Escolaridade: fundamental, médio ou superior
  • Número de vagas: 14
  • Remuneração: R$ 1.517,48 a R$ 3.033,30
  • Inscrições: 1º a 30 de outubro de 2020
  • Taxa de Inscrição:
  • Situação: PUBLICADO

Sinop (MT)

  • Concurso: Prefeitura Municipal de Sinop MT
  • Banca organizadora: Método e Soluções
  • Escolaridade: fundamental e superior
  • Número de vagas: 41
  • Remuneração: R$ 1.549,00 a R$ 11.352,94
  • Inscrições: 24 de setembro até 22 de outubro de 2020
  • Taxa de Inscrição: R$ 50,00 a R$ 120,00
  • Provas: 22 de novembro de 2020
  • Situação: PUBLICADO

Bandeirantes (MS)

  • Concurso: Prefeitura Municipal de Bandeirantes
  • Banca organizadoraFapec Concursos
  • Escolaridade: fundamental, médio, técnico e superior
  • Número de vagas: 126
  • Remuneração: R$ 1.065,75 e R$ 4.032,00
  • Inscrições: até 15 de novembro de 2020
  • Taxa de Inscrição: R$ 80,00 a R$ 200,00
  • Provas: a definir …
  • Situação: PUBLICADO

Fonte: https://noticiasconcursos.com.br/concursos-abertos/concursos-abertos-nesta-semana-abrem-mais-de-8-mil-vagas-no-pais/

Publicado em

Concurso TCM RJ Auditor: órgão tem 32 cargos vagos de auditor

Concurso TCM RJ Auditor: órgão tem 32 cargos vagos de auditor

É grande a expectativa de realização do concurso público para Auditor do Tribunal de Contas do Município do Rio de Janeiro (Concurso TCM RJ – Auditor).

Enquanto o edital do novo concurso TCM Rio não é publicado, aumenta o número de cargos vagos de auditor no órgão. De acordo com dados disponíveis no Portal de Transparência do Tribunal de Contas do Município do Rio de Janeiro, há 32 vagas em aberto atualmente para a carreira.

A comissão organizadora do certame confirmou as etapas do próximo edital para carreira. O grupo estima a realização de duas fases no certame. A confirmação veio através de nota publicada no portal do órgão.

O documento publicado pelo TCM-RJ também confirma 28 vagas para o cargo de Auditor de Controle Externo. Do quantitativo, 23 serão para a função de auditor de controle externo sem especialidade, que exige graduação em qualquer área. As outras cinco serão destinadas à função de auditor na área de Tecnologia da Informação, que exige graduação em TI.

As vagas para área de TI surgiram após uma alteração proposta pelo presidente do Tribunal, Thiers Montebello, e aprovada durante sessão plenária. De acordo com a modificação, dois cargos de auditor externo sem especialidade, dois com especialidade em Direito e um em Engenharia foram convertidos em vagas para auditor de controle externo da área de Tecnologia da Informação.

Na ocasião, o presidente do Tribunal defendeu a alteração, pois o atual quadro de servidores da área de TI no tribunal é insuficiente. Além disso, houve crescimento das demandas internas por desenvolvimento de soluções em Tecnologia da Informação. “A tendência é aumentar a especialização e ter mais empenho nessa área”, defendeu o presidente na ocasião.

O órgão alterou a comissão organizadora do certame, conforme documento publicado no Diário Oficial do Município desta quinta-feira, dia 31 de outubro.

O servidor Renato Tinoco Gonzaga foi substituído por Igor dos Reis Fernandes, que atuará como conselheiro-substituto. O grupo, formado em julho, tem na presidência o servidor Emil Leite Ibrahim. Além disso, compõe o grupo de trabalho, Pedro Hollanda Dionisio, Jaqueline Dias de Mello e Alexandre Angeli Cosme.

O projeto do edital ao qual o órgão se refere, também é conhecido como projeto básico ou minuta do edital. O documento orienta o processo de escolha da banca, já que traz as características do concursos às instituições interessadas.

A autorização para o órgão instituir uma comissão organizadora veio através do Conselheiro Thiers Monte Bello, durante Sessão Plenária realizada no dia 02 de julho. A expectativa é de que o edital seja publicado no início de 2020.

O órgão tem um déficit de 28 profissionais de auditor, sendo 23 com formação em nível superior em qualquer área e 5 na área de Tecnologia da Informação (T.I.)

O Concurso TCM RJ 2020 – Auditor

O cargo de Auditor de Controle Externo do Tribunal de Contas do Município do Rio de Janeiro (Concurso TCM RJ) tem exigência de diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em qualquer área de formação, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC).

O Auditor de Controle Externo tem missão de desenvolver atividades de planejamento, coordenação e execução relativas à fiscalização e ao controle externo da arrecadação e aplicação de recursos do Município, bem como da administração desses recursos, examinando a legalidade, legitimidade, economicidade, eficiência e efetividade, em seus aspectos financeiro, orçamentário, contábil, patrimonial e operacional, dos atos daqueles jurisdicionados ao Tribunal de Contas do Município do Rio de Janeiro; Executar atividades relacionadas ao desenvolvimento organizacional do Tribunal de Contas do Município do Rio de Janeiro; Executar atividades operacionais e de gestão necessárias ao desempenho das atividades inerentes ao funcionamento do Tribunal de Contas do Município do Rio de Janeiro; e Executar outras tarefas correlatas a critério do seu superior imediato.

O cargo de Auditor de Controle Externo: Especialidade Tecnologia da Informação (TI) tem requisito de Diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível superior na área de Tecnologia da Informação, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC); ou diploma, devidamente registrado, de conclusão de qualquer curso de nível superior, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC, acompanhado de certificado de curso de pós-graduação (especialização, mestrado ou doutorado) na área de Tecnologia da Informação de, no mínimo, 360 horas, fornecido por instituição reconhecida pelo MEC.

O profissional deverá planejar, conceber, coordenar, gerenciar e participar de ações para a implementação de soluções de Tecnologia da Informação, bem como prover e manter em funcionamento essa estrutura tecnológica, composta por sistemas, serviços, equipamentos e programas de informática necessários ao funcionamento do Tribunal de Contas do Município do Rio de Janeiro.

O salário inicial é de nada menos que R$ 15.226,81.

O valor é composto de vencimento básico de R$2.356,81, mais a gratificação de controle externo de R$12.870. Após três meses de exercício no cargo, os servidores vão passar a receber encargos especiais, no valor de R$4.633,20. Com isso, o salário pode chegar a R$ 19.860,01.

Além disso, os servidores vão contar com auxílio-saúde (até R$1.400); auxílio-refeição (R$1.133); auxílio-creche (R$1.287), para quem tem dependentes de até seis anos; e auxílio-educação (R$1.287), no caso de dependentes de até 17 anos. Os auxílios-creche e educação ficam limitados a apenas dois dependentes.

O regime de contratação é estatutário, que garante estabilidade empregatícia aos servidores, após três anos ininterruptos de trabalho. A jornada é de 40 horas semanais.

Etapas do concurso TCM RJ 2020

A proposta preliminar da Comissão preconiza a realização do concurso em duas 02 (duas) fases, que consistirão em uma prova de caráter objetivo e uma prova discursiva, numa mesma data e em turnos diferentes.

A prova objetiva, de cunho eliminatório e classificatório, compreenderá um número, inicialmente previsto, de 100 (cem) questões. E a prova discursiva, também de cunho eliminatório e classificatório, poderá conter até 3 (três) questões discursivas e 1 (um) caso prático a ser respondido na forma de manifestação técnica e de acordo com a norma culta da língua portuguesa.

O conteúdo programático que constará do edital considerará o perfil demandado pelas áreas técnicas do TCMRJ e as competências requeridas para os cargos:

Para o cargo de Auditor de Controle Externo de livre formação, os trabalhos e as oitivas realizadas pela Comissão revelam a demanda por conteúdos jurídicos e demais conhecimentos, como auditoria e controle externo, aderentes à atuação profissional, e ainda, por temas que contribuam com o exercício do controle sob ponto de vista técnico-gerencial e holístico, que ampliem as abordagens estritamente jurídico-formais.

Para o cargo de Auditor de Controle Externo – Especialidade TI serão acentuados os conteúdos específicos da área de Tecnologia da Informação.

Último Concurso e Provas TCM RJ

O último concurso do TCM para o cargo de Auditor aconteceu em 2010, função que na época levava o nome de Técnico de Controle Externo. Na época, os candidatos foram avaliados por das provas com 140 questões, tendo 70 quesitos cada uma. A organização ficou por conta da Secretaria Municipal de Administração do Rio de Janeiro (SMA-Rio).

Os candidatos foram avaliados por provas de Língua Portuguesa (20 questões), Auditoria (10), Contabilidade Geral (10), Contabilidade Pública (10), Matemática Financeira (10) e Raciocínio Lógico (10). O segundo bloco das provas contou com questões de Direito Administrativo (20 vagas), Direito Constitucional (15), Direito Financeiro (15), Noções de Informática (05), Instrumentos de Controle Externo (10) e Ética do Servidor na Administração Pública (05). A tendência é que neste novo concurso os assuntos cobrados sejam mantidos.

Para ser aprovado na avaliação objetiva, o candidato precisou ter 84 pontos em cada uma das provas, além de pontuação mínima em cada matéria.

Informações do concurso
  • Concurso: Tribunal de Contas do Município de São Paulo (TCM-RJ)
  • Banca organizadora: a definir
  • Escolaridade: superior
  • Número de vagas: a definir
  • Remuneração: R$ 19.860,01
  • Inscrições: a definir
  • Taxa de Inscrição: a definir
  • Provas: a definir
  • Situação: PREVISTO

Fonte: https://noticiasconcursos.com.br/concursos-por-estado/concursos-rio-de-janeiro/concurso-tcm-rj-auditor-2019-2020/

Publicado em

Concurso Ministério da Economia: Edital com 350 vagas

Concurso Ministério da Economia: Edital com 350 vagas

Um novo edital de concurso público do Ministério da Economia vai ser publico em breve. Foi divulgado no Diário Oficial da União desta terça-feira, 28 de julho, uma portaria que forma a comissão organizadora do próximo certame da pasta. O grupo de trabalho  formado terá, inicialmente, 90 dias para concluir os trâmites da seleção.

De acordo com o texto publicado, a comissão formada tem os seguintes membros:

  • Anderson da Silva Costa – coordenador geral em governança de TI (titular); e
  • Jackeline Paula de Godoi Degani – analista em tecnologia da informação (suplente);
  • Rodrigo de Oliveira Alves – coordenador-geral de desenvolvimento e movimentação de pessoal (titular);
  • Daniel Pires de Castro – coordenador de provimento e dimensionamento de pessoas (suplente);
  • Iris Francisca Alves de Sousa – coordenadora de uniformização de normas, direitos e deveres em exercício (titular); e
  • Debora Ribeiro Martins – agente administrativo (suplente).

Agora, caberá à comissão organizadora elaborar o projeto básico do edital e os trâmites de contratação da banca organizadora, que ficará responsável pelo concurso. De acordo com o documento, os trabalhos devem ser concluídos em até 90 dias, ou seja, até outubro, com possibilidade de prorrogação por mais 90 dias, até janeiro de 2021.

A expectativa, no entanto, é que os trâmites devem ser concluídos ainda este ano, com o anúncio da banca organizadora. A portaria autorizativa do concurso prevê que o edital seja publicado até 08 de janeiro de 2021.

Concurso autorizado

O concurso foi autorizado pelo Governo, conforme portaria 16.017, publicada no Diário Oficial da União pelo secretário especial de desburocratização, gestão e governo digital do Ministério da Economia, Paulo Spencer Uebel.

No dia 10 de julho, foi divulgado a portaria retificada do concurso. Os cargos e distribuição das vagas foram revelados. De acordo com o documento, todas as oportunidades serão para atividades técnicas de complexidade gerencial. O quantitativo de 350 vagas serão distribuídas da seguinte maneira:

  • Especialista em gestão de projetos (50 vagas);
  • Especialista em infraestrutura de Tecnologia da Informação-TI (50);
  • Especialista em ciência de dados (50);
  • Especialista em segurança da informação e proteção de dados (50);
  • Especialista em análise de processos de negócios (50);
  • Especialista em experiência do usuário (50); e
  • Especialista em desenvolvimento de software (50).

De acordo com a portaria autorizativa do concurso do Ministério da Economia, o a seleção vista o preenchimento de 350 vagas em caráter temporário. As carreiras de atividades técnicas de complexidade gerencial são destinadas a profissionais de nível superior.

Além da graduação, os candidatos devem ter experiência profissional superior a cinco anos ou possuir título de mestre ou doutor. Os vencimentos iniciais para a carreira são de R$8.300.

De acordo com informações da pasta, os candidatos serão avaliados por provas e avaliação de títulos. Ainda não há uma data específica para publicada do edital. No entanto, já se sabe um prazo máximo de publicação.

Os editais, conforme prevê o documento, deverão sair em um prazo de seis meses, ou seja, até o dia 8 de janeiro de 2021. No entanto, geralmente nos casos de processos seletivos para contratações temporárias, tendo em vista a grande necessidade e urgência pela realização dos trabalhos, os editais costumam ser liberados bem antes do prazo máximo.

De acordo com o documento, ainda, os contratos serão assinados por um prazo de até quatro anos. Os contratos poderão ser prorrogados, desde que devidamente justificados, com base nas necessidades para a conclusão dos trabalhos.

Concurso Ministério da Economia: Último edital

O último edital de concurso do Ministério da Economia foi aberto em 2015. Na ocasião, a pasta era chamada de Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão. Foram abertas 556 vagas, todas com exigência de nível superior.

As vagas do concurso foram distribuídas pela pasta e a Escola Nacional de Administração Pública (Enap). No Ministério, foram abertas 534 vagas, sendo 300 para analista de tecnologia da informação. As demais vagas foram para analista técnico administrativo (83), engenheiro (54), geógrafo (17), geólogo (16), arquiteto (16), contador (14), arquivista (nove), médico (04), economista (07), assistente social (07), administrador (06) e técnico em assuntos educacionais (01).

Na ENAP, o edital contou com 22 vagas, sendo quatro para técnico de nível superior e 18 para técnico em assuntos educacionais. Os salários iniciais variaram entre R$3.998,42 e R$5.969,31, já com o auxílio-alimentação.

Na ocasião, os candidatos foram avaliados por meio de provas objetivas de Conhecimentos Gerais e Específicos e discursivas (redação ou duas questões, no caso da Enap). Na área de TI, foi realizado ainda um exame de títulos.

Fonte: https://noticiasconcursos.com.br/concursos-previstos/concursos-previstos-federais/concurso-ministerio-da-economia-2020/

Publicado em

Concurso Funsaúde CE 2020: edital tem previsão de abrir 12 mil vagas

Concurso Funsaúde CE 2020: edital tem previsão de abrir 12 mil vagas

A Fundação de Saúde do Ceará vai abrir um novo edital de concurso público (Concurso Funsaúde CE 2020) em breve. De acordo com informações do secretário de Saúde do Ceará, Carlos Roberto Martins Rodrigues, também conhecido como Dr. Cabeto, o certame poderá contar com cerca de 12 mil vagas.

De acordo com o chefe da pasta, uma parceria foi feita com o Instituto de Gestão do Hospital Albert Einstein para redimensionar todas as unidades de saúde cearenses e avaliar a proporção do certame.

Apenas para os hospitais Geral de Fortaleza e de Messejana deverão ser abertas seis mil vagas. As declarações foram dadas na manhã da última terça-feira, 28 de julho, em entrevista à Rádio O POVO CBN, no Facebook.

Um plano de carreira para os profissionais que serão contratados já está sendo construído.

De acordo com o Governador do Estado, Camilo Santana, a seleção será anunciada em breve.

A declaração do chefe do executivo estadual foi dada na manhã da última sexta-feira, 24 de julho, na solenidade em que foi assinado o decreto que regulamenta o funcionamento da instituição, criada em março deste ano.

“Profissionais serão selecionados publicamente para cumprir a sua missão nos hospitais, nas policlínicas, em toda a estrutura de saúde pública do Ceará. Estamos dando passos importantes e esse momento de pandemia mostrou muitas cicatrizes de desigualdades no país. Vivemos num país que é um dos mais desiguais do planeta. Essa pandemia mostrou essa realidade, assim como mostrou a importância do Sistema Único de Saúde. Mais de 80% da população cearense utilizam o SUS.”

O quantitativo de vagas e os cargos do concurso Funsaúde-CE ainda não foram divulgados. A expectativa é que as vagas do certame sejam distribuídas em várias áreas do estado, conforme as unidades regionais da Fundação de vão funcionar de forma descentralizada.

Concurso Funsaúde-CE é aguardado desde o mês de março

Criada em março dese ano, a Fundação Regional de Saúde do Ceará foi sancionada pela Lei nº 17.186/2020, que dispõe sobre um novo gerenciamento de serviços de saúde assistenciais do Ceará.

A instituição terá as seguintes competências:

  • – Prestar serviços de saúde à população em todos os níveis de complexidade próprios do Estado;
  • – Prestar apoio aos municípios e consórcios públicos de saúde em serviços de assistência à saúde de âmbito regional;
  • – Desenvolver programas de educação permanente de forma regionalizada para os profissionais de saúde do SUS;
  • – Coordenar as atividades regionais da central de regulação assistencial;
  • – Monitorar o cumprimento dos indicadores regionais e dos resultados qualitativos dos serviços regionais de saúde no âmbito do SUS;
  • – Desenvolver atividades de caráter científico e tecnológico.

“O Ceará foi dividido em cinco macrorregiões de saúde, então cada uma, até o final do nosso governo terá pelo menos um hospital de alta complexidade funcionando,” disse.

O concurso deve ser publicado logo após o Conselho Superior em conjunto com a Sesa CE instituírem a estrutura do quadro de funcionários e dar partida aos trâmites para publicar o edital do concurso. Os empregados estarão sujeitos ao regime jurídico da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT).

Fonte: https://noticiasconcursos.com.br/concursos-previstos/concurso-funsaude-ce-2020/